QUEM DISSE QUE NÃO É ARTE?

 

Screen Shot 2017-10-02 at 16.17.33.png

As redes sociais são bem legais porque conectam pessoas, mas tem seu lado ruim, como tudo na vida. Em 2 semanas, 2 exposições de arte (Santander e Itaú Cultural) geraram um alvoroço na internê, a famosa cultura do ódio explodiu, criando conflitos… na minha humilde opinião, acho que é legal expor pontos de vistas diferentes, contudo não há a necessidade de agressões verbais ou escritas. Todos os pontos de vistas devem ser respeitados.

 

giphy (12).gif

Mas afinal o que é arte? Neste post eu reuni algumas visões diferentes de especialistas falando sobre arte, cultura, pedagogia e comportamento comentando sobre essas exposições. Quem está certo? Quem está errado? Cada um é que deve tirar suas próprias conclusões e respeitar a dos outros.

web3-sistine-chapel-forbidden-fruit-art-michaelangelo-black-bars-michelangelo-pd.jpg

Para mim, a arte não é literal. Conceitualmente, ela move o mundo, fazendo o povo pensar de forma positiva ou negativa. Muitas vezes precisamos tocar nas feridas para que as pessoas reajam. A arte sem reação não é arte. Outra coisa que questiono é a liberdade de expressão. Não curto a ideia, por mais remota que seja, de termos a censura novamente no Brasil. Países desenvolvidos, que investem em educação e cultura, não censuram nunca a arte, eles sugerem a faixa etária ideal para a exposição por exemplo. E assim, o público, no caso pais e mães, responsáveis por seus filhos é que escolhem se querem ou não levá-los. O bom senso é ter a livre escolha se quero ou não expor meus filhos a uma exposição de arte X ou Y. 

20883084_722885607917009_7394525403341577667_n-U28413530002YPQ-1200x800@GP-Web.jpg

Cancelada pelo Santander Cultural após críticas de movimentos religiosos e do Movimento Brasil Livre (MBL), a exposição “Queermuseu – cartografias da diferença na arte da brasileira” reuniu obras de 85 artistas, incluindo os mundialmente conhecidos Alfredo Volpi e Cândido Portinari, no museu de Porto Alegre.

4291654280-pedofilia.jpg

Os movimentos apontaram que a exposição fazia apologia à pedofilia e zoofilia. Os movimentos também fizeram campanhas virtuais para que os correntistas do Banco Santander, que mantém o centro, cancelassem suas contas como forma de boicote.

7fb954a2201c8e4c0db424eb29c7520b.jpg

Leia a reportagem na íntegra:

http://veja.abril.com.br/blog/rio-grande-do-sul/veja-imagens-da-exposicao-cancelada-pelo-santander-no-rs/

exposicao-queer-museu-20170911-005.jpg

O Santander afirmou que “a mostra Cartografias da Diferença da Arte teve sua exibição finalizada no Centro Cultural de Porto Alegre e não será reaberta conforme comunicado do mesmo dia”. O futuro da exposição ainda é incerto, mas ela pode reabrir em outras cidades do país. O Museu de Arte do Rio (MAR) já demonstrou interesse em receber a mostra, bem como instituições de Brasília, São Paulo, Bahia, Belo Horizonte e até mesmo dos Estados Unidos.

https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mesmo-com-recomendacao-do-mpf-santander-cultural-nao-reabrira-exposicao-queermuseu,5a36d192041dd0618abaea16c448a0095tzyj0lu.htmlVeja 

Screen Shot 2017-10-02 at 16.26.41.png

Veja 30 obras da exposição censurada no Santander Cultural (dentro do contexto) e tire suas próprias conclusões, acessando o site Buzzfeed.

https://www.buzzfeed.com/tatianafarah/veja-30-obras-da-exposicao-censurada-no-santander-cultural?utm_term=.clE9vvwQPw#.tiKknnz0Pz

Veja a opinião de Leandro Karnal – historiador, professor e curador de arte tem a dizer sobre o assunto que gerou tanta polêmica.

Veja também a visão de Luiz Felipe Ponde – filósofo, ensaísta e escritor.

A performance do artista nu que foi tocado por criança gera revolta nas redes sociais. Vamos ver o que aconteceu.

A performance do coreógrafo Wagner Schwartz, uma referência à série Bichos, da mineira Lygia Clark, com objetos feitos de metais articulados, que permitem a manipulação do público e no dia da estréia, ele ficava deitado nu em um tatame e o público podia mexer em seus braços, pernas e no restante do corpo para alterar sua posição. A escultura pode ser apenas vista pelo visitante da mostra, mas é na interação que ela se desdobra em significados.

O vídeo que circulou pela internet de uma criança sendo incentivada por sua mãe a tocar no homem nu durante a performance artística causou revolta nas redes sociais. Acesse o link abaixo e assista a reportagem apresentando os fatos.

https://g1.globo.com/e-ou-nao-e/noticia/artista-que-fez-performance-nu-no-mam-foi-morto-a-pauladas-nao-e-verdade.ghtml

Achei bem interessante o ponto de vista do Professor Mário Sérgio Cortella.

 

 

Na palestra abaixo o professor Cortella, a fim de nos fazer refletir sobre nossas próprias idiossincrasias, relembra a celebre expressão de Cristo que, se dirigindo aos escribas e fariseus a quem considerava hipócritas, diz deles que são “sepulcros fétidos caiados de branco por fora”.

Eu também assisti aos vídeos de Bolsonaro, Feliciano e o João Dória. Achei suas posturas radicais demais. Caso queira vê-los é só digitar “criança toca homem nu” no Youtube.

Se você gostou do post, curta e compartilhe a Fanpage do Facebook QUEM DISSE BLOG. Ou cadastre-se no blog http://www.quemdisse.blog ou inscreva-se no canal no Youtube.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s